Como escolher uma boa parceria para negócios?

Essa é uma questão extremamente comum em todos os estágios da vida de uma empresa. Desde a sua abertura até a necessidade de expansão, a discussão em ter ou não uma parceria para levar os negócios adiante é um assunto constante. Você sabe como escolher uma parceria?

Pra iniciar o tema, queremos ressaltar que ao mencionarmos uma parceria, não nos referimos apenas a uma pessoa, pode ser também um grupo ou até outra empresa.

É impossível um único ser humano se tornar especialista em todas as áreas de gerenciamento de um negócio. Desde a administração, contabilidade, produção, vendas até a publicidade, é necessário que a pessoa responsável por cada área tenha aptidões particulares para que tudo seja executado da maneira correta. Nem sempre será possível contratar o profissional ideal para cada área, ainda mais ao enfrentarmos as instabilidades financeiras causadas pela pandemia. Porém, com a possibilidade de estabelecer esta parceria, quais os critérios a observar?

O principal é visualizar qual a necessidade primordial que precisa ser sanada, ou seja, entender em qual área você tem menos aptidão ou que está mais defasada. Ao encontrar a pessoa ou empresa que possua essas habilidades complementares, é preciso estabelecer uma relação que vá além do ganho monetário e sim, tenha como ganho final, alcançar a visão da empresa ou coloca-la o mais próxima possível disso. Numa era em que muitos negócios são apenas digitais e o desespero em pagar contas leva pessoas a trabalhar sem comprometimento, é mais fácil encontrarmos interessados apenas em realizar o mínimo necessário. Mesmo que o estabelecido em um contrato seja cumprido, ainda assim, fazê-lo sem um comprometimento que vá além do mero recebimento do final do mês é muito difícil.

Ao ter esses dois critérios sanados, você já tem uma boa parceria de longo prazo em seu caminho, onde ambos crescerão juntos. Contudo ainda há um terceiro critério a ser levado em conta, que é a parceria com o círculo íntimo, família ou amigos. Esse é um tema bem delicado e que pode ser amplamente discutido. Já ouviu o ditado “amigos, amigos, negócio à parte”? Isso é um problema mais comum no Brasil do que em outros lugares. Temos uma necessidade constante em tornar familiar o trabalho, o que não é errado, o problema é que essa ligação além da profissional pode fazer as linhas de relacionamento se tornarem móveis e desfocadas. Ao se escolher uma parceria da família ou dentre amigos para uma relação jurídica, precisa-se ter em mente os papéis profissionais de cada um e nunca os confundir com os pessoais.

Esperamos ter ajudado você a entender um pouco mais sobre parcerias nos negócios. Se precisar de uma parceria sólida na área contábil da sua empresa, pode contar com a Solider. Basta nos enviar um e-mail para contato@soliderconsultoria.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: